Equipe

fran.jpeg

FRANCIÉLE GARCÊS

  Doutoranda em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais. Mestra em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) convênio com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). É Bacharela em Biblioteconomia - Habilitação em Gestão da Informação (2013-2016) pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).

 

Tem participado de diversos movimentos vinculados à Biblioteconomia, Ciência da Informação, luta antirracista e de respeito à diversidade étnico-racial, a saber: o Núcleo de Estudos sobre Performance, Patrimônio e Mediações Culturais (NEPPaMCs/UFMG), o Movimento Negro UFMG e o Grupo de Pesquisa Ecce Liber: Filosofia, linguagem e organização dos saberes (IBICT/UFRJ) como membro do Satélites em Organização Ordinária dos Saberes Socialmente Oprimidos (O²S².sat). Faz parte da equipe gestora 2018-2020 da Associação Catarinense de Bibliotecários (ACB) e do Conselho Editorial da Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina. Participou como voluntária no Projeto Biblioteca de Referência do NEAB/UDESC (2013-2017) e no Projeto Espaço de Referência Ações Afirmativas, do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (NEAB/UDESC) (2013-2015). Ademais, é idealizadora e gerente da página Quilombo Intelectual e integrante e coordenadora do Grupo de Estudos Mulheres Negras na Biblioteconomia e Ciência da Informação.

  Além do livro “Epistemologias Negras: relações raciais na Biblioteconomia”, é organizadora do Livro “Bibliotecári@s Negr@s: ação, pesquisa e ação política” em parceria com Graziela dos Santos Lima e do livro “O Protagonismo da Mulher na Biblioteconomia e Ciência da Informação” em conjunto com Nathália Lima Romeiro. Temas de pesquisa: Ensino de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Black Librarianship, Representações Sociais, Temática Africana e Afro-brasileira e Educação das Relações Étnico-Raciais, Mídias sociais, Bibliotecas especializadas, NEABs.

NATHÁLIA ROMEIRO

 Licenciada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Mestra em Ciência da Informação no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação do IBICT/ECO-UFRJ. Doutoranda em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UFMG; É organizadora do livro “O Protagonismo da Mulher na Biblioteconomia e Ciência da Informação” em conjunto com Franciéle Carneiro Garcês da Silva (2018).

 

 

  Participa do grupo de pesquisa Ecce Liber: filosofia, linguagem e organização dos saberes e no Satélite em Organização Ordinária dos Saberes Socialmente Oprimidos (O²S²O.sat) vinculado ao Ecce Liber. Áreas de estudo: Estudos de gênero, Violência contra a mulher, Direito da Mulher, Mídias Sociais, Competência Crítica em Informação, Licenciatura em Biblioteconomia; Empreendedorismo na Biblioteconomia; Informação, Educação e Saúde.

Nath.jpg