Sobre

A publicação de livros promovendo pesquisas científicas e atuação profissional tem se tornado, ao longo dos anos, uma das formas mais prazerosas de compartilhamento do conhecimento e reconhecimento das pessoas que atuam na ciência e no mercado de trabalho. Entendemos que o livro é um dos objetos mais desejados tanto por quem produz quanto por quem procura conhecimentos em diversas áreas. No entanto, nem todo pesquisador/a, profissional ou estudante consegue a oportunidade de divulgar sua pesquisa em uma editora ou, quando conseguem, nem sempre recebem uma assessoria editorial personalizada focada no atendimento dos desejos do/a autor/a, assim como na manutenção dos seus direitos e autonomia no processo criativo do livro.

O Selo Nyota possui uma equipe de bibliotecários/as e licenciados/as em Biblioteconomia prontos para realizarem todo o processo editorial, revisão ortográfica, avaliação do livro por comissão científica com profissionais reconhecidos/as da área, hospedagem e divulgação do livro no site e nas mídias sociais. Se desejar, o/a pesquisador/a ainda receberá em seu endereço obras para realizar o lançamento do seu livro e ter aquele momento que é sonhado por todo/a autor/a!

Este Selo visa disseminar e visibilizar conhecimentos e pesquisas produzidas por mulheres, negros/as, indígenas e população LGBTQIA+ que possuam como interesse principal divulgar suas pesquisas, descobertas científicas e experiências profissionais para a comunidade em geral.

Entre em contato conosco e apresente sua ideia!

Quando a mulher negra se movimenta, toda a estrutura da sociedade se movimenta com ela.

Angela Davis

Nossa Missão

Publicar livros de mulheres,

populações negra e indígena e população LGBTQIA+ resultantes de pesquisas científicas e experiências profissionais das áreas de Biblioteconomia, Arquivologia, Museologia, Comunicação e Ciência da Informação com qualidade editorial e atendimento personalizado. 

 

Objetivos

- Promover o conhecimento científico produzido por populações historicamente invisibilizadas na ciência brasileira;

- Trazer representatividade ao meio científico e acadêmico  às populações negras e indígenas e à população LGBTQIA+;

- Incentivar o compartilhamento gratuito dessas publicações visando o acesso à informação por todas as pessoas;

- Tornar a(o) autor(a) protagonista de todo processo criativo na produção do livro.